Entrevista de André Jordan ao jornal Expresso

O Green Project Awards, em parceria com o André Jordan Group, promoveu a II Conferência GPA'18 "Imobiliário e Cidades Sustentáveis para o Futuro das Gerações", que se realizou em Maio de 2018 no Clubhouse do Belas Clube de Campo. Integrada no ciclo de conferências temáticas do Green Project Awards, a conferência contou com a participação de especialistas de várias áreas, entre as quais, arquitectura, imobiliário, urbanismo, turismo e sustentabilidade. Partilharam com o auditório conceitos inovadores e experiências relacionadas com a gestão e sustentabilidade das cidades.

Foi destacada a importância dos resorts residenciais que, integrados nos espaços urbanos, trazem novos conceitos inspiradores de integração e se enquadram na estratégia de tornar as cidades mais verdes e sustentáveis. Foram ainda abordados os temas das novas formas de mobilidade, valorização e eficiência energética, valorização da paisagem, aproveitamento de recursos naturais que gerem mais sustentabilidade e contribuem para o impacto económico e social e para a melhoria da qualidade de vida da comunidade.

Imobiliário e Cidades Sustentáveis para o Futuro das Gerações

Prémio Dário Castro Alves para André Jordan

André Jordan foi distinguido com o Prémio Dário Castro Alves, numa cerimónia promovida pela Câmara do Comércio e Indústria Luso-Brasileira, pelo seu contributo para a aproximação entre as comunidades portuguesa e brasileira. O prémio foi entregue pelo Embaixador do Brasil em Portugal, Luiz Alberto Figueiredo Machado.

Ao agradecer mais esta distinção, André Jordan declarou: «É com grande orgulho que vejo uma vez mais o meu trabalho no sector imobiliário e turismo, tanto em Portugal como no Brasil, ser reconhecido. Cada prémio tem um valor especial e este representa muito para mim. Dário Castro Alves foi um grande embaixador do Brasil em Portugal e um apaixonado pelas relações bilaterais e pela promoção da cultura. Uma verdadeira inspiração para as pessoas que trabalham as relações entre estes dois países.»

Entrevista
a Gilberto Jordan
no Diário de Notícias

André Jordan ofereceu no Clubhouse do Belas Clube de Campo uma recepção em honra das suas irmãs Dalal Achcar e Aniela Jordan, duas personalidade marcantes da cultura brasileira. O evento decorreu no dia 10 de Fevereiro, traduzindo-se numa oportunidade de celebração do encontro dos povos que em permanência e mutuamente se redescobrem nos dois lados do Atlântico.

Dalal Achcar, bailarina e coreógrafa, foi Directora Artística do Ballet do Theatro Municipal do Rio de Janeiro e presidente da Fundação Theatro Municipal. Na sua ininterrupta carreira de mais de meio século, Dalal Achcar deu prioridade à formação e aos programas de orientação artística para professores e alunos de escolas públicas do Rio de Janeiro, a ela se devendo o primeiro Curso Superior de Formação de Professores de Dança do Brasil. Recebeu diversas distinções internacionais: foi condecorada pela Rainha Isabel II com a Ordem do Império Britânico; o Ministério da Cultura da França atribuiu-lhe o título de Chevalier de L'Ordre des Arts et des Lettres; e o Governo do Brasil condecorou-a com a Ordem do Rio Branco e com a Ordem do Mérito Cultural.

Aniela Jordan é uma das mais destacadas produtoras artísticas no actual panorama brasileiro. Fez carreira no Theatro Municipal do Rio de Janeiro como iluminadora, coordenadora de palco, directora técnica, operacional e de produção. Especializada em musicais, produziu através da empresa Aventura, da qual é sócia, mais de 30 espetáculos, entre outros «A Ópera do Malandro», «A Noviça Rebelde», «Um Violinista no Telhado», «Hair», «Gipsy», «O Despertar da Primavera», «Elis a musical», «Chacrinha o musical», «Garota de Ipanema», «Sambra», «Bem Sertanejo», «Ayrton Senna». Sempre disponível para novos desafios, Aniela Jordan inaugurou, em 2016, no velho Cine Palácio do Rio de Janeiro, o Teatro Riachuelo, devolvendo à cena cultural carioca uma sala 1000 lugares, num edifício protegido como património arquitectónico.

O evento contou com a presença de inúmeras personalidades ligadas à música, arte, cultura, economia e política, portuguesas e brasileiras, sendo encerrado com uma participação especial da fadista Gisela João.

Prémio Personalidade do Ano entregue a Gilberto Jordan

A revista «Magazine Imobiliário» distinguiu Gilberto Jordan como «Personalidade do Ano 2017». A entrega do galardão decorreu no Hotel Palácio Vila Galé, em Paço d’Arcos, numa cerimónia pública que contou com a presença de muitas personalidades ligadas ao sector do imobiliário. Gilberto Jordan viu assim reconhecida uma longa carreira profissional ligada ao imobiliário de grande qualidade, assente na inovação e na sustentabilidade ambiental, de que é exemplo o seu último projecto no Belas Clube de Campo, o Lisbon Green Valley, em  fase de desenvolvimento e comercialização. Nas palavras de agradecimento, Gilberto Jordan recordou que este empreendimento acabou de conquistar o Prémio Inovação na Construção: «Penso que esta distinção, que me enche de satisfação e orgulho, se deve essencialmente ao trabalho desenvolvido ao longo de mais de 20 anos no Belas Clube de Campo, um empreendimento de grande qualidade que incorpora as mais evoluídas e exigentes soluções de construção e sustentabilidade e que vê agora em curso uma nova fase, o Lisbon Green Valley, que vem revolucionar todo o imobiliário na região de Lisboa. Este é sem dúvida, o melhor empreendimento da região e o novo destino de Lisboa!»

Gilberto Jordan tem 56 anos, nasceu no Rio de Janeiro e vive em Portugal há muitas décadas. Filho de André Jordan, ganhou do pai o gosto pela promoção imobiliária, pelo turismo e pelo planeamento sustentável. É membro e dirigente de várias organizações nacionais e internacionais e tem sido reconhecido pelo sector imobiliário com muitas outras distinções. Foi das mãos de André Jordan que recebeu o troféu que simboliza a sua escolha pelo «Magazine Imobiliário» para «Personalidade do Ano 2017».

 

Entrevista
de André Jordan
ao jornal Expresso

Entrevista de André Jordan à revista Villas & Golfe

O regresso
da Taça Presidente
da República
acontece
no Belas do Clube
de Campo

O Grupo André Jordan trouxe de volta a Taça Presidente da República, que pela primeira vez foi disputada no Belas Clube de Campo. Tornara-se um evento regular entre 2000 a 2005, organizado em Vilamoura com o alto patrocínio do então titular do cargo, Jorge Sampaio. Agora é Marcelo Rebelo de Sousa o presidente e marcou presença no Belas Clube de Campo: «Estamos aqui sobretudo para homenagear André Jordan, que é um pioneiro que entendeu o que era o turismo em Portugal mais cedo do que o comum dos mortais. Estamos aqui para lhe agradecermos, para o cumprimentarmos pela sua persistência, pela sua visão e pela sua juventude, muitos parabéns.»

Mais do que uma competição desportiva, a Taça Presidente da República visa promover a imagem turística de Portugal e dos seus melhores destinos de golfe e angariar recursos para instituições privadas de solidariedade social. Em 2017 será beneficiado o Centro de Educação para o Cidadão com Deficiência, sedeado em Mira Sintra, que conta com 2500 utentes e mais de duas centenas de colaboradores.

A prova foi disputada por 74 jogadores convidados, nacionais e estrangeiros, ligados a diferentes áreas da sociedade e foi ganha pelo par composto por Ernâni Magalhães e Soren Pedersen. A Taça Afonso Patrício Gouveia, para a melhor senhora em prova, foi entregue a  Sharon Henderson.

Apresentação do LISBON GREEN VALLEY

Foi na presença de mais de 200 convidados do sector financeiro e imobiliário que o Grupo André Jordan lançou, nos primeiros dias de Abril, a nova fase do Belas Clube de Campo, o Lisbon Green Valley.

A apresentação ficou a cargo de André Jordan, Gilberto Jordan, Ponces de Carvalho (Escola João de Deus), Nuno Fernandes (Casais Engenharia) e Eduardo Capinha Lopes (arquitecto). Uma «townhouse» modelo foi inaugurada. O interesse demonstrado pelo produto e número de visitas confirmam o sucesso da iniciativa.

Veja o video de lançamento do Lisbon Green Valley.

André Jordan e Gilberto Jordan no ISEG

Em Março de 2017, André Jordan e Gilberto Jordan apresentaram aos alunos do MBA da Escola de Economia da Universidade de Lisboa (ISEG) a sua visão sobre a situação e as perspectivas que se abrem ao sector do Turismo em Portugal, Foram oradores convidados da iniciativa Vital Topics, um ciclo de conferência e debates promovidos pelo ISEG sobre as próximas tendências nas áreas da economia, marketing e gestão.

André e Gilberto Jordan abordaram o tema «Primavera Turística em Portugal – Miragem ou Realidade?». Levantando algumas questões pertinentes para a compreensão do fenómeno turístico que se vive no país: O crescimento recente do turismo em Portugal será ilusório ou é mesmo fruto de uma melhor promoção nos mercados externos? Portugal estará perante um crescimento sólido e sustentável, ou beneficia apenas de uma situação instável a nível internacional?

Transmitiram à plateia académica uma ideia de optimismo sobre as potencialidades e o futuro do Turismo, o qual está bem patente no lançamento do Lisbon Green Valley, a nova fase do empreendimento do Belas Clube de Campo. E tiveram a oportunidade de aprofundar o debate sobre os caminhos que o sector precisa de trilhar para se tornar um motor fundamental do crescimento económico e para a atracção do investimento estrangeiro.

A edição portuguesa da revista Forbes dedica a capa e uma dezena de páginas do seu número de Janeiro de 2017 a André Jordan, num trabalho do jornalista Pedro Garcia com fotografias de Victor Machado.

«Com mais de oito décadas de uma vida riquíssima, André Jordan não pensa na reforma. Quer continuar a desenvolver projectos de futuro. O Lisbon Green Valley é disso exemplo. André Jordan conta com 83 anos muito bem vividos. Apesar de já ter ultrapassado a idade oficial de reforma há largas primaveras, renega por completo a posição de aposentado. Ainda hoje, o empresário faz questão de acompanhar o filho, Gilberto Jordan, actual responsável pela gehstão operacional de todos os negócios da família Jordan, na tomada de decisões. No presente, o seu grande foco é a nova fase do Belas Clube de Campo, de seu nome Lisbon Green Valley, que pressupõe um investimento total de 100 milhões de euros e que vai implicar a construção de 250 moradias e de várias infra-estruturas. No mundo dos negócios, André nunca procurou dissociar a ligação pessoal da profissional. “Eu não quero vender a quem não gosta de mim. Quero vender a quem gos- ta de mim e do que nós fazemos”, diz. Essa posição já lhe valeu alguns dissabores, mas também foi a chave de vários negócios.»

André Jordan na revista Forbes Portugal

 

 

ANDRÉ JORDAN CONDECORADO NO RIO DE JANEIRO

André Jordan recebeu, em Outubro de 2016, a mais alta distinção honorífica da cidade do Rio de Janeiro: a Medalha de Mérito
Pedro Ernesto.

É a principal homenagem que o Rio de Janeiro presta a personalidades que se destacam na sociedade brasileira ou no plano internacional e que de alguma forma se relacionam com a vida ou a história da Cidade Maravilhosa.

A medalha Pedro Ernesto recebeu este nome em reconhecimento ao trabalho do médico e político Pedro Ernesto, prefeito no período entre 1931 e 1936 e um grande defensor das políticas sociais. A sua morte, em Agosto de 1942, foi notícia nas páginas da revista Time, que lhe chamou «o homem mais amado do Brasil».

 

OS TRÊS EMISSÁRIOS POLACOS

 

O Estoril tem, desde Maio de 2016, uma nova a obra de arte urbana, a qual presta homenagem a Jan Karski (1914 – 2000) e aos seus amigos Jerzy Jan Lerski (1917 - 1992) e Jan Nowak-Jeziorański (1914 – 2005).

Todos participaram activamente na resistência polaca contra a ocupação alemã, trabalhando na clandestinidade para fazer chegar ao governo da Polónia no exílio e aos aliados informações valiosas para o desenvolvimento do esforço de guerra contra os nazis.

Na placa comemorativa que acompanha a escultura lê-se: «Foi graças a estes homens e a outros heróis anónimos que o terror da Segunda Guerra Mundial chegou mais cedo ao fim. A sua coragem e sabedoria contribuiram para as bases do sistema transatlântico. Passados setenta anos, o atlantismo continua a ser a chave para a paz e a estabilidade das nações europeias.»

Resultado de uma colaboração da Embaixada da Polónia em Portugal com a Câmara Municipal de Cascais, e patrocinada pela Família Spitzman Jordan, esta nova peça de arte urbana está situada nos jardins do Casino Estoril.

Hubert de Givenchy no Belas Clube de Campo

A convite da Duquesa de Cadaval e de André Jordan, o grande criador de moda Hubert de Givenchy, de 87 anos, esteve no Belas Clube de Campo para uma palestra que encantou quem esteve presente. Sob a forma de uma entrevista conduzida pelo Príncipe Charles Philippe d’Orléans, Hubert de Givenchy falou no ciclo Belas Talks sobre a sua vida, carreira profissional e contou alguns momentos vividos ao lado de personalidades como Audrey Hepburn, Jacqueline Kennedy ou o seu grande ídolo e inspirador, Cristóbal Balenciaga. Na assistência estiveram modelos, actores e estilistas, que tiveram a oportunidade de ouvir palavras de grande simplicidade, fazendo o retrato breve de um mundo onde Hubert de Givenchy deixou a sua marca de grande senhor da moda. Hubert de Givenchy deslocou-se a Portugal para apresentar, no Palácio Cadaval, em Évora, a exposição «Vestidos de Noiva Inesquecíveis».

World Travel Market 2014 . World Travel Leaders Award

Londres, 5 de Novembro de 2014 — André Jordan recebeu o prestigiado World Travel Market 2014 World Travel Liders Award em reconhecimento do seu contributo para o sector do turismo no Algarve. O cobiçado prémio foi entregue a André Jordan por Carina Monteiro (Directora Editorial da Publituris, à esquerda na foto) e Kate MacBeth (Directora de Marketing e Comunicação do WTM, à direita na foto), na última edição do World Travel Market realizada em Londres. Estes prémios são uma excelente plataforma proporcionada aos media partners do WTM (que representam importantes órgãos de informação de turismo de todo o mundo) para o reconhecimento público de empresas e indivíduos que tenham dado contribuição significativa para o turismo na sua região ou sector de actividade.

Na cerimónia de entrega do prémio, o Director do World Travel Market, Simon Press, destacou que «André Jordan tem tido um papel essencial para transformar o Algarve no destino turístico que é hoje». Três candidaturas de cada um dos media partners  do WTM foram julgados no mês de Setembro por um júri constituído por representantes de um organismo independente, do WTM e do próprio órgão de informação. Outros vencedores do World Travel Liders Award foram a Associação de Operadores Turísticos da Rússia, Roger Dow, a US Travel, a Air Canada e a Easy Jet. O World Travel Market é o maior evento global para a indústria do turismo, ponto de encontro obrigatório para operadores de todo o mundo. Anualmente, mais de 50 mil profissionais de turismo, governantes e jornalistas visitam no ExCel London o World Travel Market fazendo networking em contacto com as últimas tendências no sector.