Prémio Dário Castro Alves para André Jordan

André Jordan foi distinguido com o Prémio Dário Castro Alves, numa cerimónia promovida pela Câmara do Comércio e Indústria Luso-Brasileira, pelo seu contributo para a aproximação entre as comunidades portuguesa e brasileira. O prémio foi entregue pelo Embaixador do Brasil em Portugal, Luiz Alberto Figueiredo Machado.

Ao agradecer mais esta distinção, André Jordan declarou: «É com grande orgulho que vejo uma vez mais o meu trabalho no sector imobiliário e turismo, tanto em Portugal como no Brasil, ser reconhecido. Cada prémio tem um valor especial e este representa muito para mim. Dário Castro Alves foi um grande embaixador do Brasil em Portugal e um apaixonado pelas relações bilaterais e pela promoção da cultura. Uma verdadeira inspiração para as pessoas que trabalham as relações entre estes dois países.»

Entrevista
a Gilberto Jordan
no Diário de Notícias

André Jordan ofereceu no Clubhouse do Belas Clube de Campo uma recepção em honra das suas irmãs Dalal Achcar e Aniela Jordan, duas personalidade marcantes da cultura brasileira. O evento decorreu no dia 10 de Fevereiro, traduzindo-se numa oportunidade de celebração do encontro dos povos que em permanência e mutuamente se redescobrem nos dois lados do Atlântico.

Dalal Achcar, bailarina e coreógrafa, foi Directora Artística do Ballet do Theatro Municipal do Rio de Janeiro e presidente da Fundação Theatro Municipal. Na sua ininterrupta carreira de mais de meio século, Dalal Achcar deu prioridade à formação e aos programas de orientação artística para professores e alunos de escolas públicas do Rio de Janeiro, a ela se devendo o primeiro Curso Superior de Formação de Professores de Dança do Brasil. Recebeu diversas distinções internacionais: foi condecorada pela Rainha Isabel II com a Ordem do Império Britânico; o Ministério da Cultura da França atribuiu-lhe o título de Chevalier de L'Ordre des Arts et des Lettres; e o Governo do Brasil condecorou-a com a Ordem do Rio Branco e com a Ordem do Mérito Cultural.

Aniela Jordan é uma das mais destacadas produtoras artísticas no actual panorama brasileiro. Fez carreira no Theatro Municipal do Rio de Janeiro como iluminadora, coordenadora de palco, directora técnica, operacional e de produção. Especializada em musicais, produziu através da empresa Aventura, da qual é sócia, mais de 30 espetáculos, entre outros «A Ópera do Malandro», «A Noviça Rebelde», «Um Violinista no Telhado», «Hair», «Gipsy», «O Despertar da Primavera», «Elis a musical», «Chacrinha o musical», «Garota de Ipanema», «Sambra», «Bem Sertanejo», «Ayrton Senna». Sempre disponível para novos desafios, Aniela Jordan inaugurou, em 2016, no velho Cine Palácio do Rio de Janeiro, o Teatro Riachuelo, devolvendo à cena cultural carioca uma sala 1000 lugares, num edifício protegido como património arquitectónico.

O evento contou com a presença de inúmeras personalidades ligadas à música, arte, cultura, economia e política, portuguesas e brasileiras, sendo encerrado com uma participação especial da fadista Gisela João.

Prémio Personalidade do Ano entregue a Gilberto Jordan

A revista «Magazine Imobiliário» distinguiu Gilberto Jordan como «Personalidade do Ano 2017». A entrega do galardão decorreu no Hotel Palácio Vila Galé, em Paço d’Arcos, numa cerimónia pública que contou com a presença de muitas personalidades ligadas ao sector do imobiliário. Gilberto Jordan viu assim reconhecida uma longa carreira profissional ligada ao imobiliário de grande qualidade, assente na inovação e na sustentabilidade ambiental, de que é exemplo o seu último projecto no Belas Clube de Campo, o Lisbon Green Valley, em  fase de desenvolvimento e comercialização. Nas palavras de agradecimento, Gilberto Jordan recordou que este empreendimento acabou de conquistar o Prémio Inovação na Construção: «Penso que esta distinção, que me enche de satisfação e orgulho, se deve essencialmente ao trabalho desenvolvido ao longo de mais de 20 anos no Belas Clube de Campo, um empreendimento de grande qualidade que incorpora as mais evoluídas e exigentes soluções de construção e sustentabilidade e que vê agora em curso uma nova fase, o Lisbon Green Valley, que vem revolucionar todo o imobiliário na região de Lisboa. Este é sem dúvida, o melhor empreendimento da região e o novo destino de Lisboa!»

Gilberto Jordan tem 56 anos, nasceu no Rio de Janeiro e vive em Portugal há muitas décadas. Filho de André Jordan, ganhou do pai o gosto pela promoção imobiliária, pelo turismo e pelo planeamento sustentável. É membro e dirigente de várias organizações nacionais e internacionais e tem sido reconhecido pelo sector imobiliário com muitas outras distinções. Foi das mãos de André Jordan que recebeu o troféu que simboliza a sua escolha pelo «Magazine Imobiliário» para «Personalidade do Ano 2017».

 

Entrevista
de André Jordan
ao jornal Expresso

Entrevista de André Jordan à revista Villas & Golfe

O regresso
da Taça Presidente
da República
acontece
no Belas do Clube
de Campo

O Grupo André Jordan trouxe de volta a Taça Presidente da República, que pela primeira vez foi disputada no Belas Clube de Campo. Tornara-se um evento regular entre 2000 a 2005, organizado em Vilamoura com o alto patrocínio do então titular do cargo, Jorge Sampaio. Agora é Marcelo Rebelo de Sousa o presidente e marcou presença no Belas Clube de Campo: «Estamos aqui sobretudo para homenagear André Jordan, que é um pioneiro que entendeu o que era o turismo em Portugal mais cedo do que o comum dos mortais. Estamos aqui para lhe agradecermos, para o cumprimentarmos pela sua persistência, pela sua visão e pela sua juventude, muitos parabéns.»

Mais do que uma competição desportiva, a Taça Presidente da República visa promover a imagem turística de Portugal e dos seus melhores destinos de golfe e angariar recursos para instituições privadas de solidariedade social. Em 2017 será beneficiado o Centro de Educação para o Cidadão com Deficiência, sedeado em Mira Sintra, que conta com 2500 utentes e mais de duas centenas de colaboradores.

A prova foi disputada por 74 jogadores convidados, nacionais e estrangeiros, ligados a diferentes áreas da sociedade e foi ganha pelo par composto por Ernâni Magalhães e Soren Pedersen. A Taça Afonso Patrício Gouveia, para a melhor senhora em prova, foi entregue a  Sharon Henderson.

Apresentação do LISBON GREEN VALLEY

Foi na presença de mais de 200 convidados do sector financeiro e imobiliário que o Grupo André Jordan lançou, nos primeiros dias de Abril, a nova fase do Belas Clube de Campo, o Lisbon Green Valley.

A apresentação ficou a cargo de André Jordan, Gilberto Jordan, Ponces de Carvalho (Escola João de Deus), Nuno Fernandes (Casais Engenharia) e Eduardo Capinha Lopes (arquitecto). Uma «townhouse» modelo foi inaugurada. O interesse demonstrado pelo produto e número de visitas confirmam o sucesso da iniciativa.

Veja o video de lançamento do Lisbon Green Valley.

André Jordan e Gilberto Jordan no ISEG

Em Março de 2017, André Jordan e Gilberto Jordan apresentaram aos alunos do MBA da Escola de Economia da Universidade de Lisboa (ISEG) a sua visão sobre a situação e as perspectivas que se abrem ao sector do Turismo em Portugal, Foram oradores convidados da iniciativa Vital Topics, um ciclo de conferência e debates promovidos pelo ISEG sobre as próximas tendências nas áreas da economia, marketing e gestão.

André e Gilberto Jordan abordaram o tema «Primavera Turística em Portugal – Miragem ou Realidade?». Levantando algumas questões pertinentes para a compreensão do fenómeno turístico que se vive no país: O crescimento recente do turismo em Portugal será ilusório ou é mesmo fruto de uma melhor promoção nos mercados externos? Portugal estará perante um crescimento sólido e sustentável, ou beneficia apenas de uma situação instável a nível internacional?

Transmitiram à plateia académica uma ideia de optimismo sobre as potencialidades e o futuro do Turismo, o qual está bem patente no lançamento do Lisbon Green Valley, a nova fase do empreendimento do Belas Clube de Campo. E tiveram a oportunidade de aprofundar o debate sobre os caminhos que o sector precisa de trilhar para se tornar um motor fundamental do crescimento económico e para a atracção do investimento estrangeiro.

A edição portuguesa da revista Forbes dedica a capa e uma dezena de páginas do seu número de Janeiro de 2017 a André Jordan, num trabalho do jornalista Pedro Garcia com fotografias de Victor Machado.

«Com mais de oito décadas de uma vida riquíssima, André Jordan não pensa na reforma. Quer continuar a desenvolver projectos de futuro. O Lisbon Green Valley é disso exemplo. André Jordan conta com 83 anos muito bem vividos. Apesar de já ter ultrapassado a idade oficial de reforma há largas primaveras, renega por completo a posição de aposentado. Ainda hoje, o empresário faz questão de acompanhar o filho, Gilberto Jordan, actual responsável pela gehstão operacional de todos os negócios da família Jordan, na tomada de decisões. No presente, o seu grande foco é a nova fase do Belas Clube de Campo, de seu nome Lisbon Green Valley, que pressupõe um investimento total de 100 milhões de euros e que vai implicar a construção de 250 moradias e de várias infra-estruturas. No mundo dos negócios, André nunca procurou dissociar a ligação pessoal da profissional. “Eu não quero vender a quem não gosta de mim. Quero vender a quem gos- ta de mim e do que nós fazemos”, diz. Essa posição já lhe valeu alguns dissabores, mas também foi a chave de vários negócios.»

André Jordan na revista Forbes Portugal

 

 

ANDRÉ JORDAN CONDECORADO NO RIO DE JANEIRO

André Jordan recebeu, em Outubro de 2016, a mais alta distinção honorífica da cidade do Rio de Janeiro: a Medalha de Mérito
Pedro Ernesto.

É a principal homenagem que o Rio de Janeiro presta a personalidades que se destacam na sociedade brasileira ou no plano internacional e que de alguma forma se relacionam com a vida ou a história da Cidade Maravilhosa.

A medalha Pedro Ernesto recebeu este nome em reconhecimento ao trabalho do médico e político Pedro Ernesto, prefeito no período entre 1931 e 1936 e um grande defensor das políticas sociais. A sua morte, em Agosto de 1942, foi notícia nas páginas da revista Time, que lhe chamou «o homem mais amado do Brasil».

 

OS TRÊS EMISSÁRIOS POLACOS

 

O Estoril tem, desde Maio de 2016, uma nova a obra de arte urbana, a qual presta homenagem a Jan Karski (1914 – 2000) e aos seus amigos Jerzy Jan Lerski (1917 - 1992) e Jan Nowak-Jeziorański (1914 – 2005).

Todos participaram activamente na resistência polaca contra a ocupação alemã, trabalhando na clandestinidade para fazer chegar ao governo da Polónia no exílio e aos aliados informações valiosas para o desenvolvimento do esforço de guerra contra os nazis.

Na placa comemorativa que acompanha a escultura lê-se: «Foi graças a estes homens e a outros heróis anónimos que o terror da Segunda Guerra Mundial chegou mais cedo ao fim. A sua coragem e sabedoria contribuiram para as bases do sistema transatlântico. Passados setenta anos, o atlantismo continua a ser a chave para a paz e a estabilidade das nações europeias.»

Resultado de uma colaboração da Embaixada da Polónia em Portugal com a Câmara Municipal de Cascais, e patrocinada pela Família Spitzman Jordan, esta nova peça de arte urbana está situada nos jardins do Casino Estoril.

Hubert de Givenchy no Belas Clube de Campo

A convite da Duquesa de Cadaval e de André Jordan, o grande criador de moda Hubert de Givenchy, de 87 anos, esteve no Belas Clube de Campo para uma palestra que encantou quem esteve presente. Sob a forma de uma entrevista conduzida pelo Príncipe Charles Philippe d’Orléans, Hubert de Givenchy falou no ciclo Belas Talks sobre a sua vida, carreira profissional e contou alguns momentos vividos ao lado de personalidades como Audrey Hepburn, Jacqueline Kennedy ou o seu grande ídolo e inspirador, Cristóbal Balenciaga. Na assistência estiveram modelos, actores e estilistas, que tiveram a oportunidade de ouvir palavras de grande simplicidade, fazendo o retrato breve de um mundo onde Hubert de Givenchy deixou a sua marca de grande senhor da moda. Hubert de Givenchy deslocou-se a Portugal para apresentar, no Palácio Cadaval, em Évora, a exposição «Vestidos de Noiva Inesquecíveis».